Moto Razr
Moto Razr

Apenas um dia após o lançamento, os problemas de durabilidade do Moto Razr começam a se acumular

Alguns aparelhos demonstraram defeitos nas primeiras horas de uso

O novo aparelho da Motorola foi lançado no dia 6 de fevereiro e veio cheio de novidades e expectativas. 

O Moto Razr, é o primeiro modelo de celular dobrável da Motorola e uns dos primeiros do mundo.

Com uma nova tecnologia desenvolvida o modelo que lembra aparentemente o aparelho V3 da Motorola chegou ao Brasil no último dia 6, com o preço sugerido de R$ 8.999,00.

Ver a imagem de origem
Fonte: IndianExpress

PATROCINADO: Conheça o Blog da Claro e fique ligado nas principais tecnologias, descontos e promoções!

Atualmente para se ter acesso ao modelo de celular Moto Razr é necessário ir a uma loja autorizada da TIM, Vivo ou Claro, além de ter a disponibilidade de aguardar pelo prazo de até 20 dias para chegada do produto à loja.

A principal concorrente de mercado da Motorola em relação à produção de celulares dobráveis é a Samsung, que tem um modelo lançado recentemente.

O celular Galaxy Fold, o primeiro modelo de celular dobrável que chegou ao país, com o preço de R$ 12.999,00, sendo o telefone mais caro atualmente no mercado de telefonia.

O modelo da Motorola Moto Razr possui diversas qualidades incríveis, dentre ela um display de 6,2 polegadas quando aberto e 2,7 polegadas quando fechado. Possui uma câmera frontal de 5 megapixels, além de uma memória interna de 128 GB.

O display interno possui a função de dar notificações breves aos usuários, além da opção de tirar fotos e ouvir músicas.

Durante o lançamento do Moto Razr nos Estados Unidos na última semana, foi abordado que o telefone não possui grandes especialidades em relação à parte interna do aparelho, mas o foco no novo design que remete a lembrança do antigo V3 aclamado por muitas pessoas.

A ideia é que o aparelho se torne uma tendência mundial.

Ficha Técnica do Moto Razr

  • O Moto Razr possui uma tela interna de 6,2 polegadas 
  • Possui também uma tela externa: 2,7 polegadas 
  • Uma câmera interna: 5 megapixels 
  • E câmera externa: 16 megapixels 
  • O processador do Moto Razr é o Snapdragon 710 (octa-core de até 2,2 GHz)
  • Têm uma memória RAM de 6 GB
  • O armazenamento interno é de 128 GB
  • A bateria é 2.510 mAh
  • Carregador: TurboPower 15W
  • Sistema: Android 9 (Pie)
  • SIM Card: eSIM
  • Conectividade: Wi-Fi 802.11 a/b/g/n/ac, 2,4 e 5 GHz, Bluetooth 5.0, GPS, AGPS, LTEPP, SUPL, GLONASS
  • Além de possuir sensores de biometria por impressão digital, acelerômetro, bússola, giroscópio, proximidade e luz ambiente

Os primeiros problemas já começaram a aparecer

Ver a imagem de origem
Fontes: TechnoSecrets

Mesmo sendo tão recente o lançamento do Moto Razr, usuários já começaram a reclamar de problemas técnicos apresentados pelo modelo.

Diversos aparelhos chegaram quebrados nas lojas, além dos problemas que passaram a aparecer no visor do aparelho quando utilizado.

Alguns testes feitos por empresas americanas em relação ao display e a sua abertura por diversas vezes repetidas, mostraram que a capacidade do Moto Razr comparado ao modelo da Samsung é ruim, e não suporta por tanto tempo sem afetar o display.

Um teste específico mostrou que após dobrar o modelo Galaxy Fold por 120 mil vezes (teste feito por um robô) o celular apresentou desgaste e problemas relacionados a tela e seu funcionamento.

Quando o mesmo teste foi aplicado ao modelo Moto Razr ficou claro que poucos modelos suportaram as dobradiças por 100 mil vezes, e a maioria dos modelos apresentou desgastes após 27 mil vezes em que foram dobrados, uma grande diferença comparada ao modelo da Samsung, em relação à resistência dos aparelhos.

Vídeos foram postados na internet discutindo a qualidade dos produtos e mostrando problemas em relação à dobra do celular.

Alguns problemas foram apontados também em relação ao monitor e seu perímetro, sendo que o monitor muitas vezes não está conectado ao telefone ao redor perímetro, podendo gerar problemas no monitor, quebrando o aparelho.

Foram discutidos pelos usuários também, a falta de proteção da tela do Moto Razr. 

Dessa forma, fica claro que o lançamento tão esperado do modelo Moto Razr apresentou algumas falhas inesperadas, além do descontentamento apontado por diversos usuários.

O Moto Razr é o primeiro aparelho lançado pela Motorola com esse tipo de tecnologia, o que mostra que ainda necessitam de diversos ajustes e melhorias em relação à tecnologia das dobradiças do aparelho.

E não é somente na Motorola que o problema é apontado, atualmente os testes feitos em todos os aparelhos flexíveis apontaram problemas, mostrando que é necessário um melhor aprimoramento em todas as fabricantes.

O fato desses aparelhos serem a primeira geração de aparelhos flexíveis mostram o porquê de tantos problemas terem surgido, porém, não justificam os prejuízos que alguns usuários já tiveram ao adquirir esse modelo de aparelho celular.

Os altos preços cobrados pelo modelo Moto Razr requerem que o aparelho seja de alta qualidade. Qualquer um que adquira um aparelho desse nível e com esse preço merece um aparelho com tecnologia de ponta, que não apresente nenhum tipo de problema.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *